Camila Backes dos Santos

candido portinari o alienista

Camila Backes dos Santos is a psychologist (UFRGS-2005-2009) and a psychoanalyst. Currently she is a Visiting Student Research Collaborator (VSRC-2015) in the Department of Spanish and Portuguese at Princeton University. She is also a Ph.D. candidate in the Social and Institutional Psychology Program at Rio Grande do Sul Federal University (Porto Alegre). She holds a Master degree in Social and Institutional Psychology from UFRGS. As a Lecturer and Professor of Psychology, Camila has taught courses on Contemporary Literature, Psychoanalysis, Psychopathology and Culture in undergraduate programs in Brazil. She has worked as a clinical psychoanalyst in private clinics in Brazil (2010-current). Presently her research aims to investigate the creative/critical use of world’s and knowledge’s classification systems through the work of contemporary artists and writers (focusing, among others, on Jonathan Safran Foer art-object-book Tree of Codes) aiming to prove how these works of art intervene (or not) in the current world’s classificatory systems. Camila is also part of the research group Psychoanalyses, Education and Culture and the study group in Clinic Psychoanalyses in the research field of Clinic, Subjectivity and Politics at PPGPSI/UFRGS (2010-current) coordinated by Ph.D. and professor Simone Zanon Moschen. Camila is also the author of the book The Green House: The alienist and the Freudian Discontents (2015), a result of her Masters Degree at UFRGS.

camibackes@gmail.com

Camila Backes dos Santos

candido portinari o alienista

Camila Backes dos Santos é psicóloga (formada pela UFRGS) e psicanalista. Atualmente está fazendo seu estágio de doutorado sanduíche na Universidade de Princeton como VSRC (Visiting Student Research Collaborator) junto ao Department of Spanish and Portuguese e ao Program in Latin American Studies (2015/2016). No Brasil Camila é aluna do quarto ano do doutorado no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional da Universidade Federal do Rio Grande do Sul onde também realizou seu mestrado (2012). Camila tem experiência na prática didática na graduação em Psicologia, atuando em 2014 como professora do curso de Psicologia na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões e em 2015 como responsável pela disciplina eletiva no curso de Psicologia da UFRGS Literatura contemporânea e Psicanálise. Também desenvolve a prática clínica em consultório particular. Sua pesquisa atual tem por objetivo investigar o uso crítico-criativo dos sistemas de classificações do mundo e do conhecimento, partindo de obras de artistas e escritores contemporâneos (como Jonathan Safran Foer e seu livro-objeto-obra-de-arte Tree of Codes). No encontro desta obra com a psicanálise, surge um campo propício para o diálogo com conceitos importantes para a clínica psicanalítica contemporânea, como a perda, o luto e o excesso. Camila é integrante do Grupo de Pesquisa Psicanálise, Educação e Cultura e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicanálise Clínica, da linha de pesquisa Clínica, Subjetividade e Política, do PPGPsi da UFRGS coordenados pela professora doutora Simone Zanon Moschen. Em 2015 Camila publicou o livro A casa verde: o Alienista e o mal-estar, fruto de sua dissertação de mestrado.

camibackes@gmail.com